Homem que manteve jornalista refém em Curitiba já foi condenado pela morte da esposa – Jornal de Colombo

Homem que manteve jornalista refém em Curitiba já foi condenado pela morte da esposa

Homem que manteve jornalista refém em Curitiba já foi condenado pela morte da esposa

O criminoso Jeferson Tonin Magalhães dos Santos, que manteve o jornalista Henry Xavier refém junto com a família, dentro do apartamento da vítima, no bairro Santa Quitéria, em Curitiba, tem uma ficha criminal extensa segundo a Polícia Civil do Paraná. De acordo com a ficha criminal do homem divulgada pela própria Polícia Civil, Jeferson possui

O criminoso Jeferson Tonin Magalhães dos Santos, que manteve o jornalista Henry Xavier refém junto com a família, dentro do apartamento da vítima, no bairro Santa Quitéria, em Curitiba, tem uma ficha criminal extensa segundo a Polícia Civil do Paraná.

De acordo com a ficha criminal do homem divulgada pela própria Polícia Civil, Jeferson possui passagens por tráfico de drogas, roubo, lesão corporal e homicídios. Um deles seria o assassinato da própria esposa, pelo qual o homem foi condenado a mais de 20 anos de prisão.

Ele é acusado de executar a esposa com sete tiros, em Cascavel, no oeste do estado, em 2018. Jeferson estava foragido desde junho de 2020 e foi preso em flagrante pela polícia no dia do sequestro. A condenação do criminoso é de 21 anos e 9 meses pelo crime de homicídio triplamente qualificado.

A vítima, Caline Alves Pires de Morais, era obrigada por Jeferson a cuidar do local onde ele traficava drogas em Cascavel. A mulher deixou a cunhada, por alguns minutos, vigiando o local e o suspeito ‘não gostou’ da situação. O homem tirou o filho de dois anos do colo da mulher e atirou contra ela.

Jeferson também é acusado de um homicídio registrado em Joinville, em Santa Catarina (SC).

Kainan
EDITOR
PROFILE

Posts